Home » , , , , , , » ‘Shoot Yourself’ estreia no Canal Curta! na terça, dia 26 de Abril

‘Shoot Yourself’ estreia no Canal Curta! na terça, dia 26 de Abril


Dos diretores Paula Alzugaray e Ricardo Van Steen, “Shoot Yourself” vai ao ar pela primeira vez nas telas do Curta!, nesta Terça das Artes, 26. O filme traça um paralelo entre a performance e a fotografia, mostrando os impactos gerados pela era digital. O longa mostra o espaço cada vez maior para os artistas de performance, que desde a década de 70 geram registros próprios por meio de fotos, filmes e vídeos. A análise tem como ponto de partida a obra de nove artistas brasileiros, europeus e norte-americanos: Tania Bruguera (Cuba), Gary Hill (Estados Unidos), Esther Ferrer (Espanha), Calvacreation (França), Cripta Djan (Brasil), Rebecca Horn (Alemanha), Pipilotti Rist (Suíça), Paula Garcia (Brasil) e Ghazel (Irã).

Durante sua primeira visita a Cuba, o músico e escritor Jorge Mautner convidou o diretor uruguaio Guillermo Planel para registrar seus momentos pelo país. O documentário “Jorge Mautner em Cuba” traz um show histórico em Havana, além de momentos do artista cantando em praça pública e vivenciando experiências típicas do local. O longa, atração da Segunda da Música, no dia 25, mostra ainda depoimentos de Mautner pelas ruas da capital sobre filosofia, política, religião e literatura.

A Quarta de Cinema, dia 27, apresenta “A Idade de Ouro da Música de Filme”, dos diretores Nicalas Saada e Thierry Jousse. O documentário analisa os filmes que se tornaram clássicos por conta de suas trilhas sonoras com enfoque em seus compositores. São comentados alguns trechos desses longas. No mesmo dia, o “A Vida É Curta!” traz produções de diretores paraibanos. Abrindo a faixa, vai ao ar “Malha”, do diretor Paulo Roberto de Souza Junior. O roteiro retrata a malhação de Judas em uma cidade no interior da Paraíba. Na sequência, o público poderá conferir “Cova Aberta”, filme de Ian Abé. O curta narra a história de Roberta, uma mulher em sofrimento que viaja pela BR-230. Ao encontrar uma jovem mais atormentada que ela, acaba deixando sua dor de lado e se propõe a ajudar a garota, trazendo para sua vida o medo da morte. Para encerrar a faixa, “Hóspede”, de Anacã Agra, narra os acontecimentos estranhos que movimentam uma pousada no interior da Paraíba depois que um hóspede chega ao local.

A Quinta do Pensamento, 28, exibe “Luis Sepúlveda – O Escritor do Fim do Mundo”, que conta a vida do escritor e ativista político chileno. O filme aborda a obra que o tornou conhecido internacionalmente - “O Velho Que Lia Romances” - e traz à tona as características de seu trabalho, como o engajamento político e econômico, que o levou à prisão durante a ditadura de Pinochet.

Com direção de João Jardim, o filme “Pro Dia Nascer Feliz” vai ao ar na Sexta da Sociedade, dia 29, no Curta! e traça um retrato de adolescentes, com suas angústias e inquietações, de três estados brasileiros diferentes e de classes sociais distintas e os observa, especialmente, na escola. Os professores também são ouvidos no documentário e nos oferecem uma análise da compreensão das desigualdades e da violência da realidade escolar.

SEGUNDA DA MÚSICA
Mautner em Cuba (Documentário)
No fim de 2014, Jorge Mautner realiza um histórico show em La Habana com depoimentos pelas ruas da capital cubana, abordando diversos assuntos como filosofia, política, religião e literatura, criando um distanciamento entre sua vida pessoal e o espectador. As ideias de um dos grandes pensadores brasileiros contemporâneos são apresentadas em um caldeirão multicultural em sua primeira viagem a Cuba.

Diretor: Guilhermo Planel
Duração: 105 min. Ano: 2015
Exibição: 25 de abril, segunda-feira, às 22h35
Classificação: Livre
Horários alternativos: Dia 26 de abril, terça-feira, às 2h35 e às 16h35/ Dia 27 de abril, quarta-feira, às 10h35/ Dia 30 de abril, sábado, às 22h30

TERÇA DAS ARTES
Shoot Yourself (Documentário)
Explorando as possibilidades semânticas do verbo inglês "shoot" (que significa tanto "filmar" quanto "atirar"), este filme aborda os limites entre a performance e a fotografia, através da construção da imagem de si próprio. Fazem parte do projeto os artistas Tania Bruguera (Cuba), Gary Hill (Estados Unidos), Esther Ferrer (Espanha), Calvacreation (França), Cripta Djan (Brasil), Rebecca Horn (Alemanha), Pipilotti Rist (Suíça), Paula Garcia (Brasil) e Ghazel (Irã).

Diretores: Paula Alzugaray e Ricardo Van Steen
Duração: 69 min. Ano: 2011
Estreia: 26 de abril, terça-feira, às 22h15
Classificação: Livre
Horários alternativos: Dia 27 de abril, quarta-feira, às 2h15 e às 16h15/ Dia 28 de abril, quinta-feira, às 10h15/ Dia 30 de abril, sábado, às 11h45.

QUARTA DE CINEMA
O “A Vida é Curta” desta quarta exibe três obras de diretores paraibanos
Nesta semana, o programa “A Vida é Curta!” apresenta obras de diretores paraibanos. Serão exibidos os curtas “Malha”, “Cova aberta” e “O hóspede”. “Malha” mostra a violenta materialização de um festejo popular, a malhação do Judas, no interior da Paraíba. Em “Cova aberta”, Roberta viaja pela BR230 até encontrar uma criatura mais atormentada que ela. A fim de enganar a própria dor, Roberta oferece socorro para a garota. Isso fará com que ela experimente um sentimento diferente: o medo da morte. E o curta “O Hóspede” narra o suspense que cerca uma pousada no interior da Paraíba, onde um estranho hóspede e um incidente misterioso deixam o proprietário inquieto e obcecado em descobrir quem é aquele homem e o que ele está fazendo ali.
Exibição: 27 de abril, quarta-feira, às 20h
Classificação: Livre
Horários alternativos: Dia 28 de abril, quinta-feira, às 0h e às 14h/ Dia 29 de abril, sexta-feira, às 8h

A Idade de Ouro da Música de Filme (Documentário)
O documentário apresenta títulos clássicos da filmografia mundial, imortalizados por intermédio de suas trilhas sonoras. Ao visitar os redutos musicais e os compositores responsáveis pela fixação destas obras no imaginário coletivo, inúmeras passagens de filmes são comentadas e associadas as suas inspirações, enquanto outros artistas contemporâneos revelam uma obra fortemente influenciada pelo movimento musical iniciado nos anos sessenta.

Diretor: Nicolas Saada e Thierry Jousse
Duração: 52 min Ano: 2009
Exibição: 27 de abril, quarta-feira, às 21h
Classificação: Livre
Horários alternativos: Dia 28 de abril, quinta-feira, às 1h e às 15h/ Dia 29 de abril, sexta-feira, às 9h/ 02 de maio, segunda-feira, às 16h.

QUINTA DO PENSAMENTO
Luís Sepúlveda – O Escritor do Fim do Mundo (Documentário)
Este retrato de Luis Sepúlveda é um mergulho na América Latina, em um cenário de amizades masculinas e viagens coloridas, da Amazônia à Patagônia, e da Alemanha a Andalusia. O escritor chileno Luis Sepúlveda nasceu em 1949. Ele ganhou fama internacional com seu primeiro romance, "O Velho que Lia Romances de Amor", que foi traduzido para 35 línguas e adaptado para o cinema em 2001. A obra de Sepúlveda, fortemente marcada por engajamento político e econômico, assim como pela repressão ditatorial dos anos 70, mistura o amor por viagens com um interesse por populações indígenas. Um escritor viajante, sua atuação como ativista sempre esteve ligada as suas viagens e sua vida amorosa. Sua vida mudou drasticamente no dia 11 de setembro de 1973, quando o General Pinochet chegou ao poder através de um golpe de estado e quando o presidente Salvador Allende tirou sua própria vida. Militante de esquerda, Sepúlveda ficou preso por dois anos. Depois disso, ele vagou pela América do Sul por anos, antes de se exilar em Hamburgo, onde viveu por 14 anos. Hoje ele vive em Gijón, no norte da Espanha, onde parece ter se estabelecido de uma vez por todas. Mas quem pode afirmar isso? 

Diretora: Sylvie Deleule
Duração: 52 min Ano: 2011
Exibição: 28 de abril, quinta-feira, às 22h
Classificação: Livre
Horários alternativos: Dia 29 de abril, sexta-feira, às 2h e às 16h/ Dia 30 de abril, sábado, às 7h/ 1 de maio, domingo, às 18h.

Sexta da Sociedade
Pro Dia Nascer Feliz (documentário)
O adolescente, com suas angústias e inquietações, e, em especial, a maneira como ele se relaciona com um ambiente fundamental em sua formação - a escola - é o foco central de investigação de "Pro Dia Nascer Feliz". Filmado em três estados brasileiros, abordando classes sociais distintas, o documentário de longa-metragem de João Jardim é um diário de observação do adolescente brasileiro, onde os professores também expõem seu cotidiano profissional, ajudando a pintar um quadro complexo das desigualdades e da violência no país a partir da realidade escolar.
Diretor: João Jardim
Duração: 90 min  Ano: 2005
Exibição: 29 de abril, quinta-feira, às 22h15
Classificação: Livre
Horários alternativos: Dia 30 de abril, sábado, às 2h15 e às 10h/ Dia 1º de maio, domingo, às 21h/ 2 de maio, segunda-feira, às 15h

Sobre o Curta!
Dedicado às artes, cultura e humanidades, o Curta! é um canal independente que acolhe a experimentação e se orgulha de ser um parceiro dos realizadores, artistas, criadores e produtores independentes. Com o compromisso de transmitir 12 horas por dia de programação nacional independente, os principais segmentos temáticos da programação são música, dança, teatro, artes visuais, meta-cinema, filosofia, literatura, história-política e sociedade.
O Curta! pode ser visto nos canais 56 da NET, 83 na GVT, 75 na Oi TV, 103 na Vivo TV e 69 na Claro TV. Siga as redes do canal nos endereços: www.facebook.com/CanalCurta, twitter.com/CanalCurta ewww.youtube.com/user/canalcurta. 


Fonte: Agência Febre/ Cláudia Rodrigues.
Share this article :
 
Copyright © 2015. antigo.Cinesom. Jornalista Responsável: Elisabete Estumano Freire.